Editoriais anteriores:

Servir…

Fevereiro 2020 Como é habitual, no nosso jornal paroquial deste mês de fevereiro, tenta fazer-se eco do que vai sucedendo na nossa comunidade e ser assim um espelho da vida cristã, nas suas várias vertentes.Aproximando-se

Ler mais

Um novo ano ao serviço da paz

Iniciamos um novo ano civil, com desejos de um bom ano, com expectativas e até projetos que gostaríamos de concretizar. De facto, como seres humanos, temos sempre aspirações e desejos para o futuro, o que é saudável e nos faz crescer.

Ler mais

Verão com o Espírito Santo

O início de julho marca a entrada numa época diferente na vida da nossa comunidade. A maior parte das atividades pastorais cessam para a pausa estiva e muitos de nós conseguem ter alguns dias de descanso; é tempo de férias!
No entanto, é bom não esquecermos que Deus não tira férias! E também nós não devemos tirar férias d’Ele! Bem pelo contrário, estas próximas semanas até podem ser um tempo de especial enriquecimento espiritual. Para isso, frequentemente é necessária alguma criatividade para organizar a nossa agenda, quer fiquemos em casa, quer estejamos fora: Seja para não deixar de participar nas celebrações eucarísticas, pelo menos ao domingo, seja para procurar leituras e outras formas de espiritualidade que possam enriquecer a nossa vida cristã, ou seja ainda para levar a cabo obras de voluntariado ou outros serviços.

Ler mais

editorial

Quaresma: Tempo Intenso

março 2020

Assim como uma árvore de fruto necessita das várias estações do ano para produzir, também nós necessitamos de tempos diferentes. Os ritmos da liturgia, ao longo do ano, vão-nos ajudando a isso mesmo. É nesse contexto que melhor se percebe o tempo da quaresma, como caminhada de preparação até à Páscoa, em que celebramos o mistério central da nossa fé: a morte e a ressurreição de Cristo.

A quaresma é, assim, um tempo intenso, em que queremos ‘sintonizar’ a nossa vida com a de Jesus Cristo, para, com Ele, chegarmos à vitória da Páscoa, à Vida nova de ressuscitados.

Este tempo intenso pode e deve ser a ocasião para darmos mais espaço ao encontro com Deus. Não podemos ser cristãos, discípulos missionários de Cristo, sem uma verdadeira intimidade com Ele. Para nos ajudar a isso, temos a proposta do chamado “Retiro Popular” vivido em pequenos grupos, em que podemos ir abrindo mais o nosso coração a Ele e aprender a ouvir a Sua voz através da Sua Palavra. Também a iniciativa “24 horas para o Senhor” a ter lugar no dia 21 de março (sábado), poderá ser um contributo para estimular a nossa vida de oração.

A intensidade da quaresma deve traduzir-se também numa vivência mais ativa e empenhada da partilha. Nesse sentido, a renúncia quaresmal deste ano, na nossa Diocese, será canalizada para a diocese de Tete, em Moçambique, cujo bispo, D. Diamantino Antunes, é missionário da Consolata e natural de Albergaria dos Doze. A Diocese de Tete tem uma superfície de 100.724km2, maior que Portugal, com uma população de 3.764.169 habitantes, dos quais só 23% são católicos. É uma diocese pobre, carente de recursos humanos e materiais para a obra de evangelização. Por isso, a nossa renúncia generosa será um apoio importante para aquele povo.

Para vivermos uma verdadeira quaresma, precisamos de entrar também numa dinâmica de reconciliação profunda, que passa pela experiência da misericórdia de Deus que nos renova. O sacramento da reconciliação, ou confissão, como é habitualmente chamado, é o espaço por excelência em que Deus nos acolhe na nossa miséria e fragilidade, e onde nos oferece o dom do Seu perdão. Ser perdoados por Deus é a base da nossa vida cristã e a força do nosso compromisso. Durante as próximas semanas, era bom que ninguém deixasse de viver essa experiência, seja nas “24 horas para o Senhor”, seja na celebração comunitária da reconciliação, do dia 6 de abril (segunda-feira santa), seja noutros locais e horários em que podemos celebrar este sacramento.

Porque nos ama, Deus oferece-nos este tempo intenso, que queremos aproveitar para chegar verdadeiramente à Páscoa. Uma Santa Quaresma para todos!